Acabou a era de Julen Lopetegui no FC Porto. O despedimento do técnico espanhol foi confirmado pela comunicação social na noite de quinta-feira mas apenas na manhã desta sexta-feira foi oficializado pelo FC Porto, que deu assim início a um novo ciclo no clube da Invicta.

Antes da publicação da nota no site oficial do clube já os adjuntos do treinador espanhol haviam estado no centro de estágio do clube 'azul-e-branco', no Olival, presumivelmente para recolherem alguns pertences. Julen Lopetegui não foi visto no Olival mas Julián Calero e Juan Carlos Martínez foram avistados por volta das 8h20. Dez minutos depois, ambos abandonaram o complexo.

Por volta da mesma hora chegou Rui Barros, que viria a orientar a sessão de treinos dos 'dragões', que serviu para preparar o encontro com o Boavista, marcado para domingo. O técnico continuará no comando da equipa até que seja anunciado o nome do novo treinador.

A sessão de trabalho começou por volta das 10h30 e decorreu à porta fechada. Antero Henrique e Pinto da Costa terão assistido ao treino, já que chegaram ao Olival durante a manhã num carro com vidros escuros e abandonaram o complexo por volta do meio-dia. Segundo a nota publicada no site do FC Porto, Rui Barros foi acompanhado pelos técnicos André Monteiro, Telmo Sousa, Raul Costa e Daniel Correia numa sessão em que apenas Alberto Bueno esteve condicionado. O avançado espanhol realizou tratamento e trabalho de ginásio.

Refira-se ainda que devido ao tempo frio e chuvoso apenas três adeptos portistas estiveram à porta do centro de estágio, tendo recolhido autógrafos e fotografias com os jogadores após a sessão de treinos.

Veja o vídeo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.