Octávio Machado manifestou a sua solidariedade para com o plantel do Sporting, considerando que a decisão de Bruno de Carvalho suspender os jogadores é um sinal de "ingratidão".

"Os jogadores não mereciam, da parte desse homem [Bruno de Carvalho], que vive do futebol e do suor deles, esta ingratidão (...) Bruno de Carvalho deveria refletir e muito sobre o seu comportamento e não ter inveja dos jogadores e do que ganham", afirmou à Rádio Renascença o antigo diretor-geral do futebol leonino.

Sobre o comunicado conjunto dos jogadores, Octávio Machado respondeu: "Quem não se sente, não é filho de boa gente. O presidente do Sporting não gosta de ser criticado por ninguém. Falta-lhe coragem para dizer as coisas nos olhos e tem a leviandade de ir para o Facebook."

"Bruno de Carvalho, que é funcionário e assalariado da SAD e que duplicou o seu vencimento com a entrada de Jorge Jesus, vem com declarações públicas fazer críticas que colocam em causa a dignidade e profissionalismo de gente que merece todo o respeito e com quem deu voltas ao relvado, quando ganhava. Quando perdia, escondia-se", acrescenta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.