Uma semana depois de ter vencido o mesmo adversário por 5-1, o clube de Olhão sentiu dificuldades em superiorizar-se ao histórico rival, que subiu esta época ao terceiro escalão nacional.

As poucas ocasiões de golo existentes foram divididas entre as duas equipas, com o Olhanense a sentir falta de um ‘patrão’ a meio campo, uma vez que Rui Duarte ainda recupera de lesão.

A equipa de Daúto Faquirá, na qual já se estreou o último reforço, o moçambicano Mexer, emprestado pelo Sporting, contabilizou o seu quinto jogo de preparação, tendo registado antes duas vitórias e duas derrotas.

O Olhanense volta a competir no sábado, no mesmo recinto, diante do também primodivisionário Portimonense, numa das meias-finais de 45 minutos do Torneio da Associação de Futebol do Algarve, com a outra a opor Farense e Louletano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.