Conhecido por ser um fervoroso sportinguista, Manuel Fernandes acompanha apaixonadamente o quotidiano do clube e embora assuma que o futebol é um negócio, ficou surpreendido com a transferência relâmpago de João Moutinho para o FC Porto.  

“Naturalmente, como qualquer adepto do Sporting, fiquei surpreendido com todo este processo. Mas hoje o futebol é mesmo assim. As pessoas têm de se capacitar que o futebol também se faz de números e neste caso foi encontrada uma boa solução para todos.”

Manuel Fernandes admite estranheza por Moutinho reforçar um adversário directo dos leões, mas volta a frisar que as três partes parecem ter ficado satisfeitas com o desfecho do negócio, pelo que não há nada mais a apontar.

“Não é normal um atleta sair para um adversário directo. Mas, atendendo às circunstâncias dadas a conhecer, o Sporting ficou satisfeito pelo dinheiro que encaixou, o jogador também ficou satisfeito e o Sr. Pinto da Costa já tinha dito há muito tempo que o João Moutinho era um jogador à Porto.“

Os adeptos olham com mágoa para tudo isto e Manuel Fernandes não esconde o mesmo sentimento, lembrando que João Moutinho podia vir a ser um símbolo do clube verde e branco.

“O João Moutinho jogou cinco anos no Sporting e sempre de modo constante, pelo que é natural que pudesse vir a ser uma figura do Sporting no futuro, que é algo que o Sporting já não tem há muitos anos. Era um jogador importante para os sportinguistas mas por um lado se ganha e por outro se perde.”

Ontem, José Eduardo Bettencourt falou do exemplo de Manuel Fernandes e do seu amor ao clube, relembrando o ano em que o então jogador do Sporting rejeitou uma oferta do Benfica para se mudar para o outro lado da Segunda Circular. Manuel Fernandes assume que perdeu dinheiro, mas também sublinha que eram outros tempos.

“De facto hoje vivemos tempos diferentes. Os valores dos jogadores hoje são outros. O que me propuseram na altura era muito dinheiro e se calhar prejudiquei a minha família, pelo menos monetariamente, por gostar do clube e por querer ser considerado um símbolo do Sporting.”

No entanto, muitos anos passados, Manuel Fernandes não está seguro de que a decisão lhe tenha trazido os dividendos que esperava:

“Hoje nota-se que as pessoas deixaram de ter algum respeito por nós. Talvez o João Moutinho até venha a ser mais bem recebido do que eu no Sporting. Eu tenho sido bem recebido pela grandiosa massa associativa, mas o Sporting de facto não me tem dado tanto reconhecimento quanto os adeptos”, lamenta.

Quanto aos efeitos deste caso no futuro da época leonina, Manuel Fernandes não acredita que Paulo Sérgio vá ter dificuldades de maior, pois, adianta, “dentro de 15 dias está tudo ultrapassado e esquecido”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.