Pedro Proença falou esta sexta-feira antes do sorteio das provas profissionais do futebol português e na antecâmara de mais uma temporada o antigo árbitro de futebol revelou algumas mudanças nas competições organizadas pela Liga de Clubes.

"Vamos dar o pontapé de saída, com todos os profissionais. Esta direção arranca numa mudança de paradigma, procurando mudar e remodelar as nossas competições, com a segunda a ter uma roupagem diferente, tal como a Taça da Liga. Vamos anunciar a localidade da final da Taça CTT. Todas as críticas eram legítimas. Obviamente que não começamos a época passada e tentamos responder a isso. As meias-finais e a final serão no mesmo sítio, naquilo que queremos que seja o Boxing Day nacional. Queremos o futebol profissional no seu esplendor máximo para exultação do talento nacional", afirmou o presidente da Liga de Clubes à Sport TV.

"Percebemos e aceitamos as esferas diferentes em que nos inserimos. Esta direção não pode ser responsabilizada por situações ocorridas num passado recente. 10 anos para uma decisão judicial é muito tempo. Queremos que esta seja uma temporada única", afirmou Pedro Proença sobre o caso em torno do Gil Vicente.

"Obviamente que não pode ser dissociado do grande feito que a seleção portuguesa fez. É um sinal de regozijo para o futebol nacional, sendo um momento que deve ser partilhado com todos os clubes internacionais", frisou Pedro Proença.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.