No seu discurso de vitória, após ter sido eleito presidente da Liga de Clubes, sucedendo a Luís Duque, Pedro Proença olhou para o futuro com “esperança” e pediu a união de “todos os clubes sem exceção”.

“Hoje inicia-se um capítulo de esperança. Esta não é uma vitória pessoal mas sim de todos os clubes e do futebol português”, começou por dizer o ex-árbitro.

Pedro Proença diz querer uma liga que “seja sinónimo de credibilidade, rigor e competência", esperando poder reunir “todos os clubes sem exceção” em torno deste objetivo.

O novo presidente da Liga deixou ainda uma palavra ao seu antecessor e adversário neste ato eleitoral pela “dignidade com que pautou a sua candidatura”.

A tomada de posse de Pedro Proença decorre esta quinta-feira às 17 horas na sede da Liga de Clubes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.