A Académica renovou contrato com o guarda-redes Peiser por mais dois anos, prolongando o vínculo laboral com o francês até 2014, anunciou hoje o presidente José Eduardo Simões.

«A vontade era mútua e por isso não foi difícil chegar a acordo», disse o presidente, em conferência de imprensa, ladeado pelo director desportivo, Luís Agostinho, e o vice para a área financeira, Luís Godinho.

Por sua vez, o guardião francês, titular em todos os jogos da Liga na época que findou e considerado pelo sítio oficial como o melhor jogador da equipa, era um homem «feliz».

«A Académica é um clube com grande potencial, com possibilidades de lutar pelos lugares da primeira parte da tabela e pelas diferentes taças», realçou Peiser, cujo grande sonho é a conquista de um troféu ao serviço dos "estudantes".

Peiser completará 34 anos no final do contrato, mas deixou no ar a dúvida se termina ou não a sua carreira desportiva, alegando querer jogar pelo menos mais um ano.

No final, o presidente da "Briosa" acrescentou que Peiser é um entre outros jogadores com quem o clube irá renovar, «mas cada um terá o seu momento».

Sustentou ainda que pretende formar «uma equipa mais sólida para disputar os lugares cimeiros da tabela» e revelou que o perfil do treinador já está traçado.

«Está feito o perfil do treinador. Será um técnico para lançar na linha de Jorge Costa, Domingos ou André Villas-Boas», concluiu o dirigente, sem contudo revelar o seu nome, sendo que Pedro Emanuel enquadra-se neste perfil.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.