Declarações de Pepa, treinador do Paços de Ferreira, à Sport TV, após o empate (1-1) com o Portimonense, no Estádio do Portimonense, da 1.ª jornada da Primeira Liga.

"Foi um jogo difícil. Houve momentos em que entrámos no jogo do Portimonense, que é mais forte fisicamente e tem jogadores muito poderosos do ponto de vista físico, e isso criou-nos algumas dificuldades. Sempre que conseguimos ser iguais a nós próprios, foi quando criámos dificuldades ao Portimonense."

"Nós ainda temos muito potencial para crescer. Saio satisfeito por aquilo que a equipa tentou fazer, mas sabemos que podemos fazer muito mais. Não faltou entrega e personalidade e a equipa sabia onde tinha de anular o Portimonense. Nesse aspeto, a equipa está de parabéns."

"A parte final foi digna de um filme, mas o futebol é isto mesmo. De um lance na nossa área passámos para a outra área, com um penálti. O Douglas Tanque faz um grande jogo e não merecia [ter desperdiçado]. Deu muito à equipa, deu-se todo ao jogo."

"Notou-se que era o primeiro jogo do campeonato, entre duas equipas que estiveram muito tempo na ‘linha de água' na época passada. Notou-se que qualquer equipa queria muito ganhar, mas também que nenhuma queria entrar no campeonato sem pontos. Por isso, foi um jogo muito intenso. Parabéns às duas equipas pelo ponto conquistado."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.