Pepa diz ser um "felizardo" por continuar a trabalhar no Paços de Ferreira, equipa da I Liga de futebol, em plena pandemia, sem deixar de reconhecer que a covid-19 lhe deixou marcas que ainda hoje não ultrapassou.

"A pandemia não mudou muita coisa nas minhas rotinas, que continuam a dividir-se entre casa e trabalho, trabalho e casa. Neste particular, verdade seja dita, sinto-me um felizardo em comparação a outras pessoas. Meto-me nos seus lugares e percebo como pode ser complicada a situação dessas famílias", disse Pepa, à agência Lusa.

Desde o regresso dos campeonatos, em junho de 2020, após três meses de paragem, coincidindo com a declaração do estado de emergência em Portugal (face à situação excecional de saúde pública mundial e o aumento de infeções pelo novo coronavírus), só por uma vez, o treinador pacense, de 40 anos, ficou longe dos treinos, vítima de covid-19.

"O vírus atacou-me bem, tive mesmo sintomas fortes e passei um bocado mal. Demorei ainda algum tempo a recuperar, não é que ainda esteja a 100%, porque não estou, mas houve um tempo em que senti dificuldades em caminhar, correr, em falar seguido e rápido, porque me faltava o ar. Mas também tenho de referir problemas com o olfato, o cansaço, o paladar ou dores musculares", descreveu.

Pepa adoeceu em outubro de 2020, juntando o seu nome a uma reduzida lista de infetados no seio do grupo de trabalho pacense, e quase cinco meses depois mantém que "(o vírus) deixou marcas" e que "agora é uma questão de ir recuperando, com calma e em segurança".

O técnico pacense defende o distanciamento social, mas confessa ter saudades da parte social anulada pelo confinamento.

"Tenho o abraço e afeto da minha família e disso não sinto falta, mas os latinos são povos de convívio. Somos muito de cafés e por vezes estamos habituados a almoços de três e quatro horas, em que muitas das vezes o trabalho é na mesa. Isso é quase cultural e todos sentimos falta disso", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.