O treinador do Paços de Ferreira disse hoje estar convicto de que a equipa vai "entrar forte, ser competente e fazer um grande jogo" frente ao Boavista, domingo, na 10.ª jornada da I Liga de futebol.

Na conferência de imprensa de antevisão, Pepa fez questão de dizer que "ninguém fica envergonhado com o que aconteceu" nos últimos três jogos da equipa (perdeu com o Benfica para o campeonato e foi eliminado das Taça de Portugal e da Taça da Liga por Sporting e FC Porto, respetivamente), considerando que sente a equipa "bem e preparada" para receber o Boavista.

"Não tenho dúvidas de que vamos entrar fortes, competentes e fazer um grande jogo. Não posso prometer aqui a vitória, mas tenho a certeza de que vamos fazer um grande jogo. Amanhã [domingo] a resposta vai ser tremenda, tenho a certeza de que o Paços vai jogar à Paços", disse Pepa.

O Boavista vai estrear em Paços de Ferreira Jesualdo Ferreira, que sucede a Vasco Seabra no comando técnico da equipa, e Pepa, que já foi orientado pelo ‘professor' no Benfica, disse ser "um privilégio" poder defrontá-lo agora como treinador.

"Dá gosto olhar para o lado e estar ali o professor Jesualdo Ferreira. Temos o mestre Vítor Oliveira, há o engenheiro, que toda a gente sabe quem é, e o professor, que foi meu treinador e é um sábio, que ensinou muita gente, em termos de apoios, algo que ele já falava há uns 20 anos atrás, e de rendimento, na capacidade de espremer o máximo de cada um", referiu.

Pepa lembrou ainda a experiência de Jesualdo Ferreira, com mais de 350 jogos no principal campeonato português, e o seu currículo, "dos melhores a nível nacional", agora colocados ao serviço de um clube que, em sua opinião, vale mais do que tem demonstrado.

"As coisas não correram bem em termos de pontos, mas a qualidade está lá, as características individuais são boas, tem jogadores e plantel para estar noutra posição. Sabemos da dificuldade que vamos encontrar, mas temos de nos focar essencialmente no que podemos fazer. Insistimos muito na nossa ideia de jogo para conseguirmos vencer o jogo dentro de campo", afirmou Pepa, eleito treinador do mês da I Liga.

Pepa venceu para Paços de Ferreira o Prémio Vítor Oliveira, que considerou, por isso, "emotivo e especial", tendo destacado "a equipa e o coletivo" nas outras nomeações individuais no mês de novembro - Eustáquio foi considerado o segundo melhor médio e o terceiro melhor jogador do mês e Marcelo o terceiro melhor defesa.

"Pezinhos no chão. É um grupo jovem que sabe o que quer e a nossa missão é ajudar os miúdos a crescer com a cabeça no sítio. Estarem nomeados é sinal de que a equipa está bem", concluiu.

Dor Jan e Jorge Silva são as baixas na equipa pacense, ambos por lesão, e vão falhar o confronto entre o Paços de Ferreira, sexto classificado, com 14 pontos, e o Boavista, num perigoso 15.º lugar, com oito.

O jogo realiza-se no estádio Capital do Móvel, no domingo, às 15:00, e será arbitrado por Tiago Martins, da associação de Lisboa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.