O futebolista italiano Cristiano Piccini (ex-Bétis de Sevilha), um dos reforços do Sporting para a próxima temporada, deixou hoje elogios ao técnico Jorge Jesus, com o qual desejava trabalhar.

“Foi muito bom para mim, tinha vontade de conhecer o treinador, ouvi falar muito dele, fiquei com boa impressão e espero aprender muito jogando para ele, ser seu jogador”, salientou o lateral-direito em declarações à Sporting TV.

Os ‘leões’ iniciaram a pré-época na quinta-feira, com os habituais exames médicos, num momento em que o plantel ainda está muito desfalcado, devido aos jogadores que se encontram ao serviço das seleções.

“Todos os colegas são incríveis, ainda faltam muitos jogadores que estão nas seleções, estamos a trabalhar há dois dias, a fazer um bom trabalho, vamos continuar a assim e esperar os que faltam”, analisou Piccini após os primeiros dias.

O jogador, de 24 anos, aponta já ao primeiro objetivo, a Liga dos Campeões, mas sem esquecer a I Liga, título que os ‘leões’ não vencem há 15 anos, desde a época 2001/02.

“Entrar no grupo da ‘Champions’ é o primeiro objetivo, depois é sermos campeões, é o mais importante”, referiu o lateral, quando a equipa tem que passar o ‘play off’ de acesso à Liga dos Campeões para garantir um lugar na fase de grupos.

Em relação ao que os adeptos podem esperar, Piccini revelou que já viu imagens do ambiente que estes criam e deixou uma mensagem: “vamos dar tudo por eles e não duvidem que vamos dar tudo”.

Além de Piccini, o Sporting tem confirmados como reforços para a próxima época André Pinto e Bataglia (ambos ex-Sporting de Braga) e Matheus Oliveira (ex-Estoril-Praia).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.