O presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, considerou que André Silva deveria ter entrado na equipa principal dos 'dragões' mais cedo, e que tal só não aconteceu por causa das decisões 'técnicas' de Julen Lopetegui.

"O André foi formado no FC Porto, treinava-se muitas vezes com os seniores, e na época passada fez vários jogos pela equipa principal. Penso que foi mal aproveitado, devia ter sido lançado mais cedo. São opções técnicas nas quais não interfiro, mas não me surpreende absolutamente nada", afirmou o líder do FC Porto à margem de uma visita à exposição dos 86 anos da secção de andebol do FC Porto.

Outro dos jogadores que está a surpreender esta época os adeptos é Diogo Jota. O jovem avançado emprestado pelo Atlético Madrid está a fazer uma dupla temível com André Silva, algo que não deixa o líder de 78 anos surpreendido.

"Também não me pode surpreender, porque se o fomos buscar foi porque acreditávamos que podia ser uma mais-valia para o plantel. Nenhum deles me surpreende", frisou Pinto da Costa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.