Um golo de Pizzi aos 42 minutos de jogo permitiu ao Benfica adiantar-se no marcador frente ao Feirense. A formação de Santa Maria da Feira entrou muito bem no jogo frente aos 'tricampeões' nacionais e criou muitas dificuldades à equipa de Rui Vitória. Mitroglou e Salvio tiveram oportunidades para abrir o marcador, mas o Feirense não se intimidou e procurou sempre dominar o jogo a meio-campo.

Sem Rafa e Jonas na equipa titular, o Benfica apresentou-se frente ao Feirense com Zivkovic, Salvio e Carrillo no onze titular. Sem Nelson Semedo nas opções, Rui Vitória apostou em André Almeida no lado direito e em Samaris no meio-campo para colmatar a ausência de Fejsa.

Com a vitória do FC Porto sobre o Nacional da Madeira por 7-0, a equipa 'encarnada' entrou debaixo da pressão de ter de recuperar o primeiro lugar do campeonato nacional. O jogo começou com alguns minutos de atraso devido a algumas 'tochas' lançadas pela claque do Benfica, e o Feirense aproveitou para tentar a sua sorte logo no primeiro minuto por intermédio de Karamanos, mas o remate do grego saiu ao lado.

O Benfica respondeu aos 18 minutos num rápido contra-ataque, mas Salvio não aproveitou a vantagem numérica de 4 para 1 e permitiu a defesa a Vaná quando tinha três companheiros isolados a pedir o golo.

Num jogo muito equilibrado, o Feirense mostrou argumentos sólidos para disputar os três pontos, mas um golo de Pizzi aos 42 minutos garantiu ao Benfica ir para intervalo a vencer por 1-0.

Recorde todos os lances

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.