É oficial: José Peseiro é o novo treinador do Sporting. A confirmação foi dada este domingo por Sousa Cintra, novo presidente da SAD 'leonina', em conferência de imprensa no Estádio de Alvalade.

"É um dia muito importante para o Sporting. É um dia histórico. O Sporting faz 112 anos e é uma história linda. É uma honra muito grande estar aqui neste dia para cumprir aquilo que digo: tenho aqui um novo treinador. Aqui o nosso amigo José Peseiro que conhece bem os cantos à casa. Tinha de encontrar a pessoa certa, alguém que tivesse experiência, conhecesse o clube e os jogadores e o campeonato português. Foi à final da Taça Europa [Taça UEFA], perdeu o campeonato no final. É um bom ser humano, boa pessoa, cultiva boas relações. Pedi-lhe para lutar para ser campeão, mas sem ovos não se fazem omeletes e terá de ter a equipa reforçada", afirmou o dirigente, em conferência de imprensa.

Em comunicado enviado à CMVM, o Sporting refere que o contrato do técnico português é válido por uma época, com outra de opção.

Peseiro é a escolha de Sousa Cintra para suceder ao sérvio Sinisa Mihajlovic, que foi contratado por Bruno de Carvalho com o intuito de substituir Jorge Jesus, mas não chegou sequer a iniciar funções no terreno.

O técnico regressa a uma casa que bem conhece 13 anos depois. Chegou a Alvalade em 2004 para ocupar a vaga de Fernando Santos. Haveria de discutir o título até ao final, quando perdeu com o Benfica (1-0, na Luz), a 14 de maio de 2005, antes de nova derrota, quatro dias depois, com o CSKA Moscovo, na final da Taça UEFA, em pleno Estádio José Alvalade (3-1). Peseiro ainda preparou e iniciou a época 2005/06, mas saiu após derrota com a Académica (0-1).

Nesse sentido, Peseiro não escondeu o orgulho por regressar a Alvalade.

"Há 14 anos, entrei nesta sala com muita ilusão, com muita motivação e com muita responsabilidade para defender as cores deste clube. Era muito mais jovem e declarei aqui, com muita coragem também, perante recursos manifestamente inferiores a Benfica e FC Porto, que queríamos ganhar a Liga e que queríamos chegar à final da Liga Europa [então Taça UEFA] porque se jogava em Alvalade. Sabemos que tivemos sucesso que não foi concretizado com os títulos que desejaríamos", começou por dizer.

"14 anos depois, a mesma ilusão e motivação, a responsabilidade de ser treinador deste nobre clube, com mais experiência, os anos permitiram-nos ter trabalho e refletir sobre o que nós éramos e o que somos agora. Sabendo da dimensão deste clube, da responsabilidade que é treinar este clube, com uma massa associativa exigente, enorme, mas também tolerante e compreensiva", acrescentou.

Sobre o planeamento da nova época, José Peseiro afirmou que o clube precisa, sobretudo, de recuperar a estabilidade. "Sabemos que partimos um pouco atrás, mas temos confiança e sabemos o que queremos. É importante avaliar, analisar, organizar e planear, para retomar o equilíbrio, a estabilidade e a organização de uma equipa de futebol", defendeu.

"Neste momento importa criar um clima de serenidade e confiança. O presidente da SAD escolheu este treinador, eu escolhi a minha equipa técnica e vamos partir para isto. Sabemos o quão importante é o futebol neste clube", rematou.

O treinador traçou ainda como meta conseguir o regresso de alguns dos jogadores que rescindiram unilateralmente com o clube 'leonino'.

"Uma das primeiras prioridades é fazer com que haja um retorno dos processos de rescisão que estão em curso e depois, de forma ponderada e com a celeridade possível, iremos escolher bem. Não vamos fazer nada à pressa. Os sócios que não estejam à espera todos os dias de reforços para o Sporting porque estamos atrasados, mas não estamos desesperados. Nunca! Estamos conscientes do que estamos a fazer e do que queremos fazer", vincou.

Com 58 anos, Peseiro volta ao ativo depois de ter treinado o Vitória de Guimarães na segunda metade da época passada. Também treinou o SC Braga, FC Porto, Sporting, Nacional, e foi ainda adjunto de Carlos Queiroz no Real Madrid. Peseiro conta ainda com passagens pelo comando técnico do Al-Hilal, Panathinaikos e seleção da Arábia Saudita.

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.