Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, fez neste domingo duras críticas a Luís Filipe Vieira, líder do Benfica, por causa das negociações para a contratação de Pedrinho.

O primeiro acordo entre os dois clubes era de 20 milhões de euros, mas o Corinthians não avançou para a compra de Yony González, e o Benfica pediu renegociação do negócio, com o custo de Pedrinho a baixar para 18 milhões.

"P... que pariu esse cara. Tem o rei na barriga, esse filho da mãe. Fizemos um acordo de vender o Pedrinho por 20 milhões de euros e nós tínhamos de comprar o Yony por três. Ele queria pôr no mesmo contrato mas eram coisas diferentes. Foi então acertado que íamos comprar. Nesse caminho, ele tinha que dar uma carta ao Corinthians para termos acesso à antecipação [do dinheiro] da venda nos bancos. Mas a certa altura vimos no que contrato que ele fez e que nós aprovámos que o Yony tinha de jogar cinco encontros para fazermos a compra em definitivo. E quando foi a pandemia ele só tinha feito quatro. Mandámos-lhe um email - em português, claro, para ele entender - em que se não desse essa carta nós devolvíamos o Yony. E foi o que aconteceu, devolvemos o Yony", começou por dizer o dirigente à 'Fox Sports'.

"Posteriormente, ele ficou nervosinho, deu-lhe lá os ataques dele e quis descontar os 3 milhões no Pedrinho. Não aceitei. Quando começámos a falar sobre o Pedrinho, a oferta era de 15 a 18 milhões e como ele falou que eu me tinha comprometido a pagar três pelo Yony, Vieira queria pagar 17 [pelo Pedrinho]. Ficou pelos 18. Foi assim a negociação", acrescentou.

O presidente do emblema brasileiro salientou que houve uma enorme falta de cortesia: "Ele tratou muito mal o Corinthians, faltou-me ao respeito, mas faz parte, não é a primeira vez, já na venda do Elias... Ele pensa que é presidente do planeta mas é apenas presidente do Benfica. Acha que o clube dele é muito grande e o Corinthians pequeno."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.