O presidente do Marítimo, Carlos Pereira confirmou segunda-feira, ainda antes do jogo com o Sporting, que Rodrigo Pinho poderá mesmo abandonar o clube já em janeiro.

Em declarações reproduzidas pelo 'DN Madeira', o dirigente lembrou as boas relações entre as direções de Benfica e da equipa insular, garantindo que o "Marítimo não será defraudado neste processo".

Ainda citado pelo mesmo jornal, Carlos Pereira reforçou a elevação com que o processo está a ser conduzido. "Mais importante que o dinheiro é importante a elevação entre as partes. Vá agora o Rodrigo ou no final da temporada, manter-se-á o bom relacionamento entre os dois clubes", sublinhou.

A terminar, disse esperar uma positiva conclusão do negócio. "As negociações estão a decorrer e esperamos que cheguem a bom porto", terminou o líder máximo do Marítimo nas referidas declarações ao 'DN Madeira'.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.