Depois de terem sido reveladas gravações de uma Assembleia Geral do Sporting por André Ventura, o Record avança que as mesmas são do início do ano. De acordo com o jornal português, o áudio que foi apresentado pelo comentador da CMTV refere-se à Assembleia Geral de dia 8 de janeiro.

Na altura, o clube leonino discutia o prolongamento do prazo de uma dívida de 55 milhões de euros por mais 10 anos. Os acionistas do clube de Alvalade aprovaram a medida por unanimidade e a decisão foi ratificada pelos dois bancos envolvidos: Millenium BCP e o Novo Banco.

No entanto, pouco antes da reunião, existiam indícios de que o Novo Banco não estava satisfeito com o adiamento. O banco luso não estava disposto a aceitar o acordo com o clube leonino. Perante esta situação, o Sporting estava em risco de perder a maioria do capital da SAD. Este cenário não foi bem recebido e originou muita contestação por parte dos apoiantes.

A Assembleia Geral de janeiro voltou à ribalta depois das declarações de André Ventura. O comentador da CMTV afirmou que as claques dos ‘leões’ eram uma parte com influência nas ações leoninas. Ventura foi posto em causa e o ficou com um rótulo de mentiroso atribuído pelo Sporting. O comentador divulgou então a faixa áudio como ‘prova’ do envolvimento das claques.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.