Paris Saint-Germain e Anderlecht empataram este sábado 1-1, na segunda jornada do XI Torneio do Guadiana de futebol, no Estádio Algarve, em Faro, cabendo ao clube belga disputar com o Benfica a conquista do troféu algarvio, no domingo.

Num estádio quase “despido” de público, a formação francesa, que na sexta-feira foi derrotada pelo Benfica (3-1), chegou ao intervalo em vantagem (1-0), com um golo de Kevin Gameiro, aos 29 minutos, tendo Marecek, na segunda parte marcado o tento da formação belga.

O Paris Saint-Germain entrou melhor no jogo, com um “pressing” que obrigou o adversário a jogar recuado, tendo sido a equipa que mais e melhores oportunidades de golo construiu nos 15 minutos iniciais.

O Anderlecht acabou por equilibrar a partida, e até ao descanso inverteu a tendência do jogo, encontrando no guarda-redes Areola, o grande opositor que evitou que os “belgas” virassem o resultado a seu favor. Marecek e Lukaku foram os mais perdulários.

Na segunda parte, as alterações operadas pelos dois técnicos acabaram por retirar “agressividade” à partida, mas ainda assim couberam ao Paris Saint-Germain as melhores jogadas e as oportunidades de golo.

Sem conseguir criar espaços que lhe permitissem entrar na área adversária, o Anderlecht foi tentando a sua sorte com remates de longe, acabando por chegar à igualdade, aos 69 minutos, num desses lances. Marecek rematou forte e colocado, a cerca de 25 metros da baliza, batendo Douchez.

Dois minutos depois, o Anderlecht teve em Lukaku a oportunidade de virar o marcador a seu favor, mas o remate do avançado belga, isolado, acabou por passar a escassos centímetros da baliza.

No final da partida, na habitual marcação de grandes penalidades do Troféu do Guadiana, para efeitos de desempate no final do torneio, as equipas empataram a cinco.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.