Todos sabemos que o futebol é um desporto de contato e já vimos várias lesões bastante graves e bem gráficas. Mas há outras que passam despercebidas, mas igualmente dolorosas e que ficam na memória, que o diga Steven Gerrard.

Andrew Massey, antigo médico do Liverpool, agora na FIFA, recordou, em entrevista ao podcast 'The Journey', o dia em que teve de dar pontos, não numa perna, não num sobreolho, mas... no pénis de Steven Gerrard durante a vitória do Liverpool sobre o Bournemouth por 2-0 para a Taça de Inglaterra.

"O Stevie veio ter comigo no final do jogo e disse 'Doutor, vai ter de dar uma vista de olhos nisto'. Olhei para baixo e vi sangue por todo o lado. Pensei 'Uau, isso deve de estar dorido'", começou por dizer.

"Estava a tentar recordar-me do meu treino médico, mas em momento algum na minha formação ensinaram a coser um pénis. Pensei, 'Não quero que o primeiro pénis que coso seja o do Steven Gerrard', mas foi", contou enquanto não escondia o riso.

O episódio não é novidade, mas agora temos outro ponto de vista depois de o próprio Gerrard o ter contado na sua biografia, em 2015

"A magia da Taça de Inglaterra ficou manchada no dia em que cortei o meu pénis e teve de ser cosido num fim de tarde nada romântico em Bournemouth no ano passado [2014]. Foi de me virem lágrimas aos olhos. Tentei fechar um extremo para bloquear o cruzamento e senti uma dor nas minhas partes intimas. Pensei 'M**** - isto não está bom' Doía para caraças!", recordou na altura.

"O golpe parecia muito mau, mesmo no meio. Havia bastante sangue. Precisei de levar quatro pontos e a rapaziada estava a morrer a rir. O médico e eu fomos para um sitio sossegado. Tirei os calções e a roupa interior e olhei uma última vez. Autch. Espero não estar a dizer adeus a um velho amigo.", concluiu.

*Artigo corrigido às 17h43

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.