O suposto desentendimento entre Danilo e Sérgio Conceição chega na pior altura para o FC Porto. O emblema azul-e-branco tem marcado para este sábado o derradeiro encontro de pré-época, onde vai mostrar aos sócios e simpatizantes a equipa principal de futebol para 2019/2020. Depois, segue-se a primeira das duas barreiras a ultrapassar para entrar na Liga dos Campeões.

Escreve a imprensa portuguesa desta quarta-feira que o capitão do FC Porto desentendeu-se com o treinador Sérgio Conceição na segunda-feira, após a tarde livre que técnico concedeu ao plantel. O jornal O Jogo diz, no entanto, que o desentendimento começou à hora de jantar, por telefone. Mais tarde, pessoalmente e na presença do plantel, a discussão subiu de tom e Conceição deu ordem para o jogador abandonar o estágio que a equipa realizou no Algarve.

Danilo afastado do estágio após desentendimento com Sérgio Conceição, escreve jornal
Danilo afastado do estágio após desentendimento com Sérgio Conceição, escreve jornal
Ver artigo

Mais tarde, Danilo terá tentado conversar com Sérgio Conceição, explicando-lhe que nunca foi intenção sua colocar em causa a liderança do técnico mas que este não terá aceite. Os jornais avançam que o jogador regressou à cidade do Porto na sua sua viatura, enquanto a restante comitiva fazia a viagem de regresso no autocarro do clube. O FC Porto informou, no entanto, que o médio saiu do estágio para tratar de assuntos pessoais.

A confirmar-se o desentendimento entre ambos, esta acaba por ser uma má notícia para o FC Porto. O clube tem uma importante eliminatória frente aos russos do Krasnodar, na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Dos quatro adversários que podiam calhar aos vice-campeões de Portugal, o emblema russo era, talvez, o pior. Pelo futebol que pratica, pela qualidade coletiva e individual e pelo FC Porto de estar mais a frente na nova época (leva duas jornadas na Liga russa).

Para já, Danilo terá de se apresentar esta quinta-feira no Olival, onde o FC Porto tem agendado mais um dia de trabalho. Não se sabe, para já, o que irá acontecer, sendo que em todos os cenários o FC Porto fica a perder.

Face a sua importância no balneário e o facto de ser o atual capitão da equipa, após a saída de Herrera, Danilo deverá ser reintegrado no plantel às ordens de Conceição. O técnico não se pode dar ao luxo de deixar de fora um jogador com a qualidade do internacional português, até porque não dispõe de um substituto à altura. Loum está lesionado e não deverá ir jogo com o Mónaco este sábado, não sendo certo a sua presença na primeira-mão da terceria pré-eliminatória da Liga dos Campeões, na Rússia. Quaisquer que tenham sido as razões do técnico, Conceição terá de entender que a equipa vem em primeiro lugar, pelo que afastar um jogador como Danilo do plantel não será a melhor das soluções.

Se o técnico não voltar atrás, Danilo poderá mesmo ser afastado do plantel, deixando o FC Porto mais frágil. Conceição terá de encontrar uma solução no plantel, algo difícil já que não há outro jogador com as suas qualidades e com a sua preponderância no balneário.

Um possível afastamento de Danilo poderia precipitar a sua saída, ele que é dos jogadores com mais mercado no FC Porto. Pretendentes não lhe faltam, pelo que não seria difícil encontrar clube para o internacional português. Mas, em caso de transferência, nunca seria pelos valores desejados pelo FC Porto, uma vez que o jogador estaria desvalorizado com toda a esta situação.

O caso deverá ser mediado por Pinto da Costa, numa altura em que o FC Porto ainda tem alguns casos pendentes para resolver para a nova época. O plantel não está fechado, alguns jogadores vão sair até ao final do fecho do mercado, e não é de descartar algumas entradas.

Com as saídas de Iker Casillas (deixou o futebol por causa do problema no coração), Éder Militão, Felipe, Herrera e Brahimi, jogadores titulares na época passada, o FC Porto ainda está à procura do melhor onze. Conceição recebeu os regressados Osório (central) e Sérgio Oliveira (médio), viu o médio Romário Baró, o defesa Tomas Esteves e o avançado Fábio Silva serem promovidos dos sub-19, assim como os centrais Diogo Queiroz e Diogo Leite e o guarda-redes Diogo Costa promovidos da equipa B. A SAD foi ao mercado contratar o defesa direito argentino Saravia, os médios Nakajima e Luiz Diaz e o avançado Zé Luís, como forma de fazer frente às várias saídas.

O técnico está a testar várias soluções para formar o melhor onze possível, de forma a ter a equipa já bem 'oleada' para o primeiro confronto oficial da época marcado para o dia 07 de agosto. Se Danilo for reintegrado e não houver mudanças até a primeira-mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, o melhor onze passará por Diogo Costa na baliza, defesa formada por Pepe, Diogo Leite, Manafá e Alex Telles; Danilo, Sérgio Oliveira; Corona, Luis Diaz, Nakajima e Soares.

Os 'dragões' precisam de resolver este diferendo entre Danilo e Sérgio Conceição o mais rapidamente possível, para ter a equipa focada nos jogos que aí vem. Seja como for, tanto o treinador como o jogador não saem 'ilesos' desta confusão, numa altura em que o FC Porto pretende formar uma equipa forte e coesa para destronar o Benfica e ser campeão e ainda entrar na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.