O treinador do Moreirense,  Ricardo Soares, reconheceu a felicidade que a sua equipa teve em sair com os três pontos do Estádio do Bessa, mas sublinhou a eficácia e a organização demonstrada pelos seus pupilos.

"Estou extremamente satisfeito com esta vitória, num campo muito difícil. Entrámos bem no jogo, com alguma surpresa minha, pois foi melhor ainda do que esperava. Depois o Boavista esteve melhor até ao intervalo e o jogo foi repartido. Na segunda parte o Boavista foi melhor e tivemos alguma felicidade", resumiu.

Ricardo Soares, contudo, sublinhou que não foi só a sorte a fazer a diferença. "Foi a vitória da eficácia, da entrega, abnegação, solidariedade e da organização defensiva", vincou.

Ainda assim, o técnico admitiu que a igualdade teria sido um desfecho mais ajustado. "Não vou tanto pelos remates do Boavista, porque muitos foram desenquadrados e com pouca probabilidade de levar perigo, mas tiveram um penalti, que é sempre uma grande oportunidade. Nesse sentido, o empate era mais justo, mas dou os parabéns ao meu guarda-redes, que foi determinante com a sua qualidade", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.