Ao intervalo, mantém-se o nulo entre Rio Ave e Benfica, nos Arcos, em jogo referente à quarta jornada da Primeira Liga.

Para o desafio em Vila do Conde, Rui Vitória operou apenas uma mudança no onze relativamente à última jornada com o Belenenses, com Rafa a render o lesionado Salvio na ala direita, sendo que Bruno Varela volta a ser titular na baliza, mesmo com Júlio César de volta.

No Rio Ave, equipa que está a ter um arranque promissor no campeonato, destaque para a ausência de Lionn, devido a lesão, substituído por Nadjack no lado direito da defesa.

Foi precisamente da equipa da casa que surgiu o primeiro sinal de perigo, aos seis minutos, com Francisco Geraldes a fintar André Almeida na área e a tirar o chapéu. Bruno Varela, contudo, sacudiu para canto. Como seria de esperar, a formação vilacondense assumiu a posse de bola, mérito dos homens do meio-campo, o que causou atrito nos 'encarnados'. Como se não bastasse, Rui Vitória foi forçado a mexer na equipa logo aos quinze minutos, fazendo entrar Lisandro López para o lugar de Jardel, que saiu lesionado.

Aos poucos, o Benfica, que até então mostrava sérias dificuldades em ter bola, começou a pressionar e a criar mais dificuldades ao Rio Ave na saída para o ataque. Exemplo disso os dois erros de Cássio (24' e 25'), o primeiro a dar em golo para os 'encarnados'- o lance foi anulado por fora de jogo de Jonas - e, logo depois, a bater mal a bola, permitindo o centro de Rafa e, depois de falhar uma saída a soco, a deixar o esférico para Seferovic, que remata contra um defesa do Rio Ave.

A formação de Miguel Cardoso respondeu ao minuto 33, com um falhanço inacreditável de Guedes: livre de Pelé, com Marcão a ganhar ao segundo poste e o avançado, na cara do golo, a atirar por cima. O Rio Ave continuava por cima e era notória a falta de inspiração de Pizzi - bastante controlado pelos médios rioavistas - e Jonas - tentou o golo ao minuto 36, mas o remate saiu fraco e ao lado da baliza.

Antes do intervalo, o médio das 'águias' teve oportunidade de inaugurar o marcador, de livre, mas o remate saiu por cima da trave.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.