"A Direcção da Académica acordou a rescisão amigável com o técnico Rogério Gonçalves. O adjunto Zé Nando irá ministrar o treino de amanhã (sábado). Depois se verá qual a solução de futuro", anunciou o presidente na sala de imprensa, após o jogo de abertura da sétima jornada da Liga.

A saída do treinador da Académica é a quarta chicotada psicológica da edição deste ano da Liga portuguesa de futebol, após as saídas de Carlos Azenha, do Vitória de Setúbal, de Ulisses Morais, da Naval 1º de Maio e de Carlos Carvalhal, do Marítimo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.