Zvunka foi demitido no final da sexta jornada e substituído interinamente por Fernando Mira, deixando a equipa no 14.º lugar com quatro pontos (uma vitória, um empate e quatro derrotas).

Fernando Mira não conseguiu inverter a tendência e a Naval 1.º de Maio voltou a perder (pela quinta vez) no passado fim-de-semana na recepção ao Paços de Ferreira (2-1).

O técnico francês foi o segundo treinador demitido na presente edição da primeira liga, depois de o holandês Mitchell van Der Gaag ter deixado o Marítimo à quarta ronda, ocupando Pedro Martins o seu lugar à frente da equipa madeirense.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.