O treinador do Sporting, Rúben Amorim, afirmou hoje que “é preciso lidar com naturalidade” com as críticas aos últimos resultados, antes da visita ao Sporting de Braga, da 29.ª jornada da I Liga de futebol.

Depois de três empates nas últimas quatro partidas, que resultaram numa aproximação do perseguidor FC Porto, agora a quatro pontos da liderança, os jogadores do Sporting têm recebido algumas críticas nas redes sociais, sobretudo o avançado Paulinho, contratado aos minhotos em janeiro.

“Tenho zero redes sociais, portanto estou blindado dessa situação. É uma escolha de cada um gerir da melhor forma. Cabe-me a mim dar os conselhos que acho que devo dar. Faz parte do futebol, há fases boas e fases menos boas. É preciso lidar com naturalidade”, sublinhou o técnico, no auditório do Estádio José Alvalade, em Lisboa.

Paulinho apontou um golo em sete partidas desde que chegou aos ‘leões’ e irá agora reencontrar a antiga equipa, mas Rúben Amorim rejeitou um encontro de caráter decisivo para o dianteiro e para a própria equipa, atirando a pressão para o adversário, que precisa de vencer para se manter na luta pelo título.

“Sabemos do momento, não somos ingénuos, mas não é decisivo, nem para o Sporting e muito menos para o Paulinho. Para mim, é o melhor avançado português e está a fazer um bom trabalho, concordem ou não”, disse.

Em relação aos ‘arsenalistas’, orientados por Carlos Carvalhal, o treinador sportinguista considerou que “vai ser um jogo difícil, contra uma excelente equipa, que ainda está na luta, que tem jogadores muito experientes e que joga muito bem, estando habituados a estes jogos”.

“Já conhecemos bem o Braga, o Braga conhece-nos bem e, portanto, o jogo poderá ser decidido nos pormenores. Estaremos preparados, sabemos da qualidade do Braga, mas também sabemos da nossa e vamos para o jogo para vencer”, frisou.

Apesar do recente rendimento da equipa, Rúben Amorim entendeu que acredita nas ideias e dinâmicas táticas implementadas desde o início da temporada e não precisa de mudar, aproveitando igualmente o facto de não ter redes sociais.

“Se acredito numa coisa, vou continuar até ao fim. Sou muito assim porque acredito, não é por mais nada. Já aconteceu no início, no Braga, no Sporting e vai acontecer ao longo da carreira. Como não gosto de ser condicionado, baseio-me no que penso e escolho de acordo com isso”, explicou.

O avançado brasileiro Tabata é o único ausente do plantel, enquanto o defesa marroquino Feddal “está apto e foi convocado” para o embate com o Sporting de Braga, quarto posicionado, com 58 pontos, da 29.ª jornada da I Liga de futebol, no Estádio Municipal de Braga, com arbitragem de Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.