Depois da vitória nos Açores diante do Santa Clara, Rúben Amorim fez o rescaldo da partida. O treinador dos leões sublinhou a quebra na intensidade da sua equipa na segunda parte e elogiou a postura do adversário.

"Na primeira o Santa Clara esteve bem organizado, muito fechado mas aí tivemos paciência até chegar ao golo. O Mário organizou bem a equipa mas controlámos a transição deles. Na segunda parte baixámos a intensidade e não se pode facilitar contra ninguém. Eles souberam crescer no jogo mas a culpa também é nossa, devíamos ter igualado o querer deles. Na segunda parte eles quiseram um pouco mais do que nós. Talvez eu não tenha transmitido a seriedade do momento ao intervalo. Baixámos a intensidade e assim ficamos uma equipa normal", afirmou Amorim.

Apesar disso a equipa saiu dos Açores com os três pontos, facto que, de acordo com Amorim, se sobrepôs à exibição de um Sporting que ainda precisa de crescer.

"Pela primeira vez não jogámos bem e ganhámos. Hoje tivemos muitos problemas, parabéns ao Mário Silva, nós não jogámos bem e temos muito para melhorar", sublinhou o treinador.

O espanhol António Adán fez a análise da vitória do Sporting diante do Santa Clara; o espanhol viu os leões dominarem o primeiro tempo, mas a permitir ao Santa Clara reagir na segunda parte.

"Foi um jogo que na primeira parte estava praticamente controlado, tivemos a bola, ocasiões e o Santa Clara quase não criou perigo. No segundo tempo eles subiram a linha e nós não estivemos bem, tão rápidos com bola. Demos vida ao adversário, começaram a ter ocasiões e há vezes em que não se joga tão bem, mas o importante era conseguir os três pontos. Não deixo de ficar chateado pela segunda parte, porque não é a nossa identidade, mas o importante são os três pontos", afirmou Adán.

O guardião leonino comentou também os dias que se seguiram à exibição diante do Marselha na terça-feira; para Adán foram dias iguais a tantos outros que passaram e que se avizinham, com o foco a permanecer meramente no trabalho.

"Foi uma semana igual como todas as outras. Amanhã também vai ser o mesmo. Vamos levantar-nos, treinar, preparar o jogo seguinte. Infelizmente não vou poder estar com a equipa nesse jogo de Champions, mas é continuar a trabalhar", disse o guardião.

O Sporting alcançou a sua segunda vitória fora de portas ao vencer o Santa Clara por 1-2.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.