Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, em conferência de imprensa, após o empate 2-2 com o Vitória de Guimarães, no Estádio D. Afonso Henriques, da 25.ª jornada da I Liga.

"Foi um bom jogo. Um pouco estranho, porque se partiu cedo. Sporting chegou à vantagem quando não merecia, mas isso ajudou-nos a entrar no jogo. Soubemos equilibrar, explorar onde havia espaço e ficar com a bola. Empurrámos o Vitória para a sua zona defensiva, mas depois sofremos golos que acontecem quando arriscamos na construção. Fizeram assim o 2-2. Continuámos a tentar manter a identidade, mas não deu. Foi um bom jogo. Estamos longe do nosso melhor e o Vitória também, mas vamos melhorar."

[Estreias de Matheus Nunes e Eduardo Quaresma] "Os jovens estiveram muito bem. É um jogo difícil para eles. O Matheus sentiu-se mais incómodo, porque estava a jogar no meio contra três e é preciso estaleca, que vai ganhando aos poucos. O Quaresma esteve mais tranquilo, mais em casa. Conhece bem a posição e fez um excelente jogo. Estou muito contente com todos."

[Ausência de adeptos] "Acho que ainda vamos a tempo, como tem sido a ideia do Governo de adaptar as decisões consoante os resultados e o tempo. Acho que os adeptos têm de voltar em segurança e há maneira de o fazer."

[Resultados de Benfica e FC Porto] "As equipas mais pequenas agora estão preparadas para fazer frente, é a prova disso. Acho que toda a gente tem de melhorar, quer os grandes quer as outras equipas. Vamos ter jogos assim e daqui a cinco jornadas vamos estar mais no ponto. Mas vão ser dez jornadas atípicas."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.