O antigo vice-presidente do Benfica, Rui Gomes da Silva, admitiu, em declarações no programa da SIC Notícias 'O Dia Seguinte', que apresentaria demissão caso estivesse na posição de Pedro Guerra, diretor de conteúdos da BTV.

Confrontado com a alegada troca de e-mails entre Pedro Guerra e um ex-árbitro que levaram o FC Porto a acusar o Benfica de corrupção, Rui Gomes da Silva admitiu que se estivesse na posição de Pedro Guerra apresentava demissão do cargo que ocupa no clube da Luz.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.