Rui Vitória foi hoje confirmado como o novo treinador da equipa principal do Benfica depois de um ciclo de seis anos com Jorge Jesus à frente dos destinos da formação encarnada.

O técnico de 45 anos, natural de Alverca do Ribatejo, começou a jogar futebol profissional no modesto Fanhões durante a época 1988/1989. Depois de duas temporadas no emblema de Loures, o então médio Rui Vitória prosseguiu depois a sua carreira no Vilafranquense, onde esteve durante nove temporadas consecutivas, e onde viria a regressar para começar a sua carreira de treinador em 2002 depois de ter jogado em clubes como o Seixal 1925, Casa Pia e Alcochetense.

Aos 33 anos, Rui Vitória abraçou a sua carreira de treinador no Vilafranquense, mas ao final de duas temporadas um convite para treinar os juniores do Benfica levou o técnico a arriscar.

No final da temporada de 2005/2006, Rui Vitória ruma ao Fátima e em quatro temporadas ajuda o clube a conquistar o título da II Divisão com uma vitória sobre o Desp. Chaves por 2-1 numa final emotiva disputada em Águeda.

Em 2010, Rui Vitória assume o comando técnico do Paços de Ferreira e estreia-se nessa época no escalão principal do futebol português. A formação dos 'castores' termina a primeira temporada com o Rui Vitória no comando técnico em sétimo lugar do campeonato, e o estatuto do treinador português cresce exponencialmente com o apuramento do Paços de Ferreira para a final da Taça da Liga, que perderia com o Benfica por 2-1.

No início da temporada 2011/2012, Rui Vitória ruma ao Vitória de Guimarães para substituir Manuel Machado no comando técnico do emblema minhoto, que à terceira jornada já ocupava o último lugar do campeonato. Na sua primeira época no D. Afonso Henriques, Rui Vitória leva os 'vitorianos' ao sexto lugar do campeonato com 14 triunfos em 30 jogos. Na segunda época, a liderança de Rui Vitória levou o clube de Guimarães à glória com a conquista da Taça de Portugal sobre o Benfica numa final emotiva no Jamor.

Nas últimas épocas, o Vitória de Guimarães perdeu vários jogadores, mas Rui Vitória conseguiu sempre encontrar soluções na formação 'vitoriana' para construir equipas competitivas. Depois de vários anos a subir a pulso, e de muita experiência na I Liga, o técnico de 45 anos prepara-se agora para assumir o comando técnico do Benfica, um desafio para o qual Rui Vitória só pode estar preparado.

Se Jesus devolveu a 'fé' sufocante do terceiro anel do Estádio da Luz, Rui Vitória poderá agora inverter a tendência do clube da Luz na aposta em jogadores estrangeiros e 'resgatar' a 'mística' das conquistas do Benfica com jogadores formados em casa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.