A duas semanas do final do mercado de verão ainda são vários os jogadores que não entram nas contas de Marcel Keizer para a próxima época e que, por isso, precisam de colocação.

De acordo com a edição impressa deste sábado do jornal A Bola, a direção liderada por Frederico Varandas tem dossiês de sete jogadores por resolver cujas saídas a título definitivo levariam a uma poupança de 6,5 milhões de euros ao ano [em massa salarial].

Olhemos para os casos de André Pinto, Petrovic e Jefferson. As saídas destes três jogadores considerados dispensáveis pela atual direção traduzem-se em 3,5 milhões de euros anuais em salários.

A este tridente acresce ainda a vontade da SAD leonina em dispensar, a título definitivo, Emiliano Viviano, Matheus Oliveira, Wallyson e Leonardo Ruiz.

Até a este momento, os leões já encaixaram seis milhões de euros com as vendas de Domingos Duarte e Iuri Medeiros para Granada e Nuremberga, respetivamente. Ryan Gauld e Carlos Mané também deixaram Alvalade, mas a custo zero.

Por outro lado, André Geraldes, Lumor e Alan Ruiz voltaram a ser emprestados, tal como na época passada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.