O extremo argentino do Benfica assumiu que não gostou da forma como Talisca festejou um golo pelo Besiktas no empate a 1-1 no Estádio da Luz, e em entrevista ao jornal Record reprovou a atitude do jogador brasileiro emprestado ao emblema turco.

"Não gostei daquele festejo. A equipa e o clube mereciam respeito. Defendo as minhas cores até à morte. Senti que tinha de falar com ele e dizer-lhe o que ele tinha feito de mal. No final do jogo, fui ao controlo antidoping e também falei com ele aí. Pode marcar cinco golos ao Benfica, mas algumas semanas antes estava a treinar-se connosco e pareceu-me uma falta de respeito", afirmou Eduardo Salvio ao jornal Record.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.