O Santa Clara anunciou esta terça-feira que irá jogar os jogos em casa que estão em falta na I Liga, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

O habitual local de estágio das Seleções Nacionais de futebol servirá agora de casa emprestada aos açorianos nos cinco jogos que têm em falta como visitado - contra Sporting de Braga (25.ªJ), Portimonense (27.ªJ), Marítimo (30.ª), Desportivo das Aves (32.ªJ) e Vitória de Guimarães (34.ª J).

A Cidade do Futebol servirá também de local de estágio para a equipa de Ponta Delgada até ao final da I Liga, que fica inevitavelmente marcada pela suspensão devido à pandemia de COVID-19 no passado mês de março.

Já na última segunda-feira, o presidente do clube açoriano, Rui Cordeiro, tinha pedido apoio para fazer face às despesas de jogar o que resta da I Liga no continente. 

Nas últimas semanas, tinha sido avançada a possibilidade de os clubes insulares (Santa Clara e Marítimo, da I Liga de futebol) jogarem no continente, de forma a mitigar os potenciais contágios do novo coronavírus.

A possibilidade foi sugerida pelo Santa Clara, com o objetivo de "garantir a saúde dos açorianos", apesar de o presidente dos açorianos, Rui Cordeiro, ter reconhecido à Lusa que a decisão iria provocar uma quebra de receita, "que tanta falta faz", às empresas açorianas que vivem um momento de "aflição".

À Lusa, o clube açoriano disse também pretender um apoio pecuniário da Liga para fazer face às despesas de logística, caso se confirmasse a possibilidade de jogar sempre fora dos Açores.

A I Liga, na qual o Santa Clara está no 10.º lugar, com 30 pontos, tem o seu retorno previsto para 30 e 31 de maio, para se disputar as restantes 10 jornadas.

Com a declaração de pandemia, em 11 de março, inicialmente alguns eventos desportivos foram disputados sem público, mas, depois, começaram a ser cancelados, adiados - nomeadamente os Jogos Olímpicos Tóquio2020, o Euro2020 e a Copa América - ou suspensos, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais de todas as modalidades.

Os campeonatos de futebol de França e Países Baixos foram, entretanto, cancelados, enquanto países como Alemanha, Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal preparam o regresso à competição.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 283 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Leia o comunicado na Integra:

"Tendo em consideração, os tempos excepcionais que vivemos, a necessidade de salvaguarda da saúde pública dos açorianos e açorianas e de todo o povo português em geral e a incerteza quanto à manutenção das quarentenas obrigatórias na Região Autónoma dos Açores, a  Santa Clara Açores, Futebol S.A.D em sequência das normas impostas pelo protocolo emitido pela DGS no passado dia 10 de Maio, informa que, em devida articulação com a Liga Portugal, irá realizar os jogos em falta referentes à Liga NOS, na condição de visitado nas instalações da Cidade do Futebol, a qual funcionará como centro de estágio até ao final da presente temporada.

Mais se aproveita o ensejo, para agradecer toda a disponibilidade, eficiência e solidariedade da FPF, em particular do seu presidente Fernando Gomes e do seu CEO Tiago Craveiro, que manifestaram total abertura para ajudar o CD Santa Clara, no seu profundo e contínuo contributo para a união do futebol português.

Onde quer que joguemos levaremos sempre o povo açoriano nos nossos corações e a bandeira dos Açores ao peito, por um futebol português mais positivo."

*Artigo atualizado às 17h41

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.