Em vésperas de mais uma jornada europeia – o Benfica joga na Luz com o Liverpool (Champions) enquanto o SC Braga recebe o Rangers (Liga Europa) – houve jogaço na Pedreira, com direito a vingança minhota pela goleada sofrida na primeira volta (6-1). Desta feita, a equipa de Carlos Carvalhal ganhou por 3-2, quebrando um jejum de oito anos sem vencer na receção aos encarnados.

Os bracarenses apresentaram sempre mais soluções, mesmo perante um ou outro percalço – exemplo disso a rápida resposta ao golo anulado a Vertonghen e ao 2-2 do Benfica – enquanto as 'águias' voltaram a desiludir, com muitos erros desnecessários e pouca fluidez no ataque. A poucos dias de receber o Liverpool, não deixa de ser preocupante. Até lá, os encarnados, que não perdiam há nove jogos, podem terminar a jornada a 15 pontos do FC Porto e a nove do Sporting.

Veja o resumo

Da classe de Iuri à hora de Vitinha, com um encontro de irmãos pelo meio

Nélson Veríssimo apostou no mesmo onze que venceu o Estoril na última ronda, com Gonçalo Ramos e Yaremchuk a assumirem a frente de ataque. Seria o ucraniano a deixar o primeiro aviso, aos 12 minutos, obrigando Matheus a uma defesa apertada, após uma aceleração de Rafa desde o meio do terreno.

Aos 22' Vertonghen introduziu a bola na baliza, na sequência de um canto, mas o VAR alertou para um desvio do belga com a mão, e o golo acabou por ser anulado. A partir daí, o SC Braga assumiu as rédeas do jogo e apenas seis minutos depois chegou ao golo. Vertonghen fez falta sobre Ricardo Horta e Iuri Medeiros, num livre direto à entrada da grande área, fez a bola passar pela barreira a meia altura para abrir o marcador.

A falta de inspiração do ataque encarnado obrigou Nélson Veríssimo a mexer ao intervalo. Darwin e João Mário ocupavam as posições de Gonçalo Ramos e Everton, ao que Carvalhal respondeu com a entrada de Vitinha. O SC Braga não só impediu o Benfica de jogar, como ainda fez o 2-0 num belo momento dos irmãos Horta: passe de Ricardo por entre as pernas de Otamendi a isolar André, que contornou Vlachodimos e atirou para a baliza deserta.

A partir daí, o jogo tornou-se imprevisível. Os bracarenses podiam ter feito terceiro logo de seguida, mas em vez disso sofreram o empate em apenas três minutos. Aos 74' André Horta cortou uma bola com o braço na área e Darwin (74’) aproveitou o penálti para dar início a uma recuperação que João Mário (77’) consumou, após assistência do uruguaio.

A resposta do SC Braga, contudo, foi imediata. Apenas dois minutos depois, Al Musrati recuperou a bola junto à linha lateral e cruzou de pé esquerdo para o segundo poste, onde Vitinha, nas costas de Grimaldo, desviou para o 3-2 que confirmou um triunfo há muito esperado na Pedreira. E ainda deu para estrear mais um jovem: Bernardo Couto, de 19 anos.

O momento

Vitinha faz o 3-2 (79'): Após o Benfica chegar ao empate, houve quem esperasse uma reviravolta, mas o SC Braga foi atrás da vitória e acabou por ser recompensado: grande cruzamento de Al Musrati da esquerda, surgindo Vitinha nas costas da defesa encarnada, finalizando com o pé esquerdo, já de ângulo apertado. O momento que definiu o jogo na Pedreira (e que jogo).

O melhor

Vitinha: Lançado ao intervalo, o avançado de 22 anos deu que fazer à defesa encarnada. Aos 66' esteve perto de matar o jogo, ao romper pela área e a rematar rasteiro para defesa difícil de Vlachodimos. Acabou por festejar na reta final, quando o SC Braga mais precisava, fugindo bem à marcação e finalizando com um movimento de qualidade, à ponta de lança.

O pior

Benfica: O duelo em Braga foi mais uma prova do percurso irregular das 'águias' na presente temporada. Mesmo com mais bola, a construção encarnada não funcionou na primeira parte (Gonçalo Ramos esteve muito apagado) e os minhotos somaram recuperações. A entrada de Darwin para o segundo tempo trouxe algumas mudanças positivas, mas a equipa de Carvalhal foi sempre mais sólida sem bola.

Reações

Nélson Veríssimo admite que Benfica fez "um mau jogo". Darwin diz que "é uma pena perder assim"

Carlos Carvalhal diz que a vitória "assenta bem" ao Sporting de Braga. Vitinha fala em triunfo merecido

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.