O Sporting de Braga, da Liga principal de futebol, perdeu este sábado com o Newcastle, da Liga inglesa, por 2-1, e ficou no terceiro e último lugar do 12.º Troféu Guadiana, disputado no Estádio Algarve.

Depois de ter usado a base da época passada no primeiro jogo do torneio, diante do Olympiacos (1-1), José Peseiro mudou a tática (4-4-2) e manteve apenas os centrais Douglão e Paulo Vinicius no "onze", apostando nos reforços Beto, Ismaily e Manoel.

A primeira parte teve domínio repartido entre as duas equipas, com escassas oportunidades de golo junto das duas balizas, tendo o Sporting de Braga estado uns "furos" abaixo da prestação contra os gregos.

O Newcastle chegou à vantagem aos 64 minutos, por Demba Ba, na recarga a uma grande penalidade que o próprio marcou e Beto defendeu, mas o Sporting de Braga demorou apenas quatro minutos para empatar, por intermédio de Ruben Amorim (68).

Quatro minutos volvidos, o marcador voltou a mudar, com os ingleses a reporem a vantagem, por Ryan Taylor, que, com um livre direto bem medido, deixou Beto "pregado" ao chão.

Apesar da pressão bracarense, e do "tiro" de Zé Luís ao poste (81), o Sporting de Braga, que terminou o jogo em inferioridade numérica devido à expulsão de Douglão (83), não conseguiu chegar de novo à igualdade.

O Newcastle, que na sexta-feira tinha empatado com o Olympiacos (1-1), conquistou o torneio, somando quatro pontos, seguido dos gregos (dois) e do Sporting de Braga (um).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.