“Durante a primeira parte não tivemos bem em termos posicionais, mas o Vitória de Setúbal também esteve mais preocupado em defender do que atacar. Já na segunda parte, com um empate, o Vitória de Setúbal procurou defender a igualdade, existindo apenas uma equipa a tentar ganhar, o Benfica”, analisou Jorge Jesus.

No último minuto, os encarnados dispuseram de uma grande penalidade que acabou por ser disperdiçada por Cardozo. Sobre esse momento, o técnico do Benfica mostrou-se desiludido, afirmando que empatar assim “custa sempre”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.