Kléber considera que os dragões não fizeram tudo para o contratar: "Por vezes damos muito valor aos outros países, mas o Brasil também tem muita coisa boa. Há muitas coisas que pesam na balança, como as minhas filhas. Mas se o FC Porto me queria tanto, que abrisse mão de algumas coisas."

"Estava com dúvidas, embora houvesse acordo verbal. Não tinha a certeza se devia ir, e deixar as minhas filhas, a minha esposa grávida. Por vezes, não podemos pensar só no lado financeiro. Temos de pensar na felicidade", confessou o avançado, que custaria 5,5 milhões de euros e o passe de Ernesto Farías. 

No entanto, o jogador conhecido como 'Gladiador' admitiu voltar a jogar na Europa, onde já alinhou ao serviço do Dinamo Kiev. "Se aparecesse um Milan ou um Real Madrid, é complicado não querer ir. Sabemos que o FC Porto foi campeão, mas não é uma equipa que lute tanto por títulos europeus", frisou o atacante à imprensa brasileira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.