Sérgio Conceição comentou a goleada do FC Porto frente ao V. Setúbal (5-1) que valeu o regresso à liderança do campeonato.

Porto sem Marega ou com Marega

"Marega é um jogador importante que tem feito época extraordinária, mas seria tirar o mérito à equipa. Temos um plantel que tem tanta importância para nós...como os menos utilizados. Obviamente que alguns dão mais nas vistas, têm esse protagonismo. Quero realçar todo o grupo de trabalho e falo dos 27 jogadores".

Entrada forte

"Tínhamos que ir a procura do resultado. Sabíamos da equipa difícil que é o Vitória. Nós esperávamos dificuldades. Sabendo do peso histórico do Vitoria tínhamos que estar alerta e queríamos decidir o jogo mais rápido possível, mas não à pressa. Mas sim de uma forma organizada, com muita mobilidade frente a um Vitória que se tentou fechar. E os golos foram entrando com naturalidade".

O que não gostou?

"Há sempre um ou outros aspecto que não gosto. Eu sou um proteccionista. Há sempre coisas a melhorar".

Marega em dificuldades físicas?

Está como aço? Ele está bem. O Marega esteve parado algum tempo, fez um jogo fisicamente muito forte na luz, e tive que fazer essa gestão. Fadiga? Como o Ricardo [Pereira] e tantos outros. Decidi tirá-lo. Estamos como aço".

Ausência de Aboubalar dos convocados

"Levei 19 e mais-guarda-redes . Não valia a pena arriscar porque o jogador estava com febre".

Ganhar na Madeira e a dedicatória a Pinto da Costa

"Jogo na Madeira? A partir de amanhã começamos a falar. Queria dedicar esta vitória ao presidente que faz 36 anos desde que assumiu posse. Tenho um carinho pessoal por ele. Já tive como como jogador e agora com treinador. É sempre bom partilhar esse momentos com maior responsável do FC Porto".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.