Sérgio Conceição abordou a reintegração de Marega nos treinos do FC Porto, após vários dias a treinar à parte do plantel. Em conferência de imprensa, o técnico dos 'azuis e brancos' admite contar com o avançado maliano "quando assim o entender".

"Começou a treinar com o grupo esta semana. Neste momento sinto o Marega comprometido e envolvido, a treinar de uma forma normal. É mais um jogador que temos à disposição para poder utilizar quando eu assim o entender", afirmou o treinador portista.

Questionado se Marega faz parte das opções para o encontro de sábado com o Vitória de Guimarães, Sérgio Conceição respondeu:

"Nunca digo os jogadores que estão convocados antes do jogo. Vocês sabem o que se passou, há um momento em que o próprio grupo de trabalho sente e vem falar com o treinador no sentido de incluir o Marega, porque sentiram que era momento de falar comigo e com o presidente. Senti que era isso que toda a gente queria, não há razão para não o fazer. Momentos menos bons toda a gente passa, não têm de ser eternos. Foi um processo, não fácil, mas normal. O jogador tem que estar bem fisicamente, em termos da resposta que dá no treino, as questões emocionais são importantes… Envolve uma série de características para que esteja disponível para o jogo. Está em igualdade de circunstâncias com os outros jogadores."

Da mesma forma, Sérgio Conceição abordou a inclusão do reforço Éder Militão nos convocados para este encontro.

"É um jogador que vem de um campeonato completamente diferente do nosso. Tem o seu tempo para se ambientar e perceber os processos da equipa. Num pormenor defensivo ou ofensivo pode-se ganhar ou perder. E nisso sou muito rigoroso. Quando entender que ele está completamente integrado terá a sua oportunidade", explicou.

Sobre a receção aos vimaranenses, Sérgio Conceição perspetiva um duelo com elevado grau de dificuldade.

"Esperamos um jogo difícil, perante uma equipa que se reforçou muito bem. É, talvez, o plantel mais equilibrado do Vitória nos últimos anos. Tem três derrotas em jogos oficiais, mas os jogos são todos diferentes e com certeza querem inverter isso amanhã. Esperamos um jogo muito difícil, talvez o mais difícil que esperamos ter até hoje. Temos que fazer aquilo que procuramos sempre, que é jogar no máximo da vontade de vencer, dentro de uma dinâmica habitual, e ganhar os três pontos", projetou.

O encontro entre FC Porto e Vitória de Guimarães está marcado para as 21 horas de sábado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.