Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, fez esta segunda-feira a antevisão ao encontro frente ao Boavista, marcado para esta terça-feira, dia 23, no Estádio do Dragão, a partir das 21h15.

Durante a conferência de imprensa, Sérgio Conceição foi confrontado com os penáltis falhados da sua equipa (que na última jornada empatou com o lanterna-vermelha Desportivo das Aves depois de mais um).

"Temos que ter mais penáltis a favor, para fazer golos, temos de criar mais situações na área para o adversário fazer penáltis. Dentro do jogo temos 12 oportunidades, é criar, 15 ou 20. Temos de trabalhar cada vez mais para ganhar os jogos", começou por dizer o técnico portista.

Além disso, Conceição falou ainda sobre a escolha do 'batedor'. "Já fui jogador e de vez em quando dava um jeito, às vezes era fraquinho. Tudo é trabalhado e pré-definido, para que os jogadores na altura saibam o que têm de fazer. Depois dentro de campo, se eu estava definido para bater e se um companheiro se sente confiante pega na bola, é pior a emenda que o soneto. Se vou tirar a bola se calhar ficam ali os dois num conflito que não vale a pena. O Zé bateu o penálti e o FC Porto falhou. É isto", rematou o treinador.

Recorde-se que o penálti falhado por Zé Luís frente ao Desportivo das Aves foi o quinto esta temporada na equipa do FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.