"O Leiria é uma equipa muito especial para mim, porque foi aí que assinei o meu primeiro contrato em Portugal. É uma equipa que está no meu coração, mas farei tudo o que estiver ao meu alcance para ganhar no domingo pela Académica", referiu o jogador, em declarações à Agência Lusa.

Motivado pelo golo que marcou e ajudou a "Briosa" a conquistar a sua primeira vitória na Liga - sobre o Vitória de Guimarães (2-0) -, o avançado reiterou que, "com o tempo, a equipa fará coisas interessantes no campeonato", dado que os jogadores estão motivados com os métodos do novo treinador, André Villas Boas, e "isso já se vê em campo".

Moudou Sougou, actualmente com 24 anos, era um desconhecido do Douanes, o clube senegalês que representou de 2001 até 2004, e chegou à Europa, para a União de Leiria, onde esteve inicialmente uma temporada, ingressando em 2005/2006 no Vitória de Setúbal. Regressou no ano seguinte à cidade do Lis, onde jogou até 2008, antes de assinar pela Académica.

"Respeito muito aquele clube e aquela terra (Leiria), onde tenho bons amigos e onde estou ligado sentimentalmente, porque casei lá. Sempre que posso, volto lá nos meus tempos livres", reconheceu o jogador.

No treino de hoje, estiveram apenas ausentes o avançado Miguel Pedro, por motivos particulares, e o médio Bruno Amaro, a recuperar de uma cirurgia.

O brasileiro Diogo Gomes, apesar de estar sob a alçada disciplinar do clube por ter sido apanhado, no sábado de manhã, a conduzir com uma taxa de alcoolemia acima da permitida, continua a treinar normalmente com o restante grupo de trabalho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.