O Sporting voltou hoje às vitórias no campeonato, ao bater em casa o Moreirense, por 2-1, mantendo as distâncias para o trio da frente à passagem da 18.ª jornada. Depois da derrota em Tondela (2-1) e do empate em casa com o FC Porto (0-0), no fecho da primeira volta, os 'leões' venceram com golos de Nani (3 minutos) e Bruno Fernandes (26'), enquanto Heriberto Tavares marcou para a equipa minhota (34').

Marcel Keizer escolheu um onze sem surpresas para não perder terreno para os rivais, que venceram na sexta-feira. Relativamente à partida com o Feirense, para a Taça de Portugal, Keizer fez duas alterações: Diaby, ausente da partida em Santa Maria da Feira, relegou Raphinha para o banco de suplentes, e Renan regressou à baliza, por troca com Salin.

Quanto aos minhotos, Ivanildo, que está emprestado pelos ‘leões’, cedeu o lugar a Iago Santos; o castigado João Aurélio é substituído por D'Alberto e Nenê fica no banco para a entrada de Pedro Nuno. Nota ainda para a ausência de Abarhoun, cuja transferência para o Rizespor (Turquia) foi oficializada neste sábado.

A equipa de Marcel Keizer chegava a este desafio pressionada depois das vitórias dos três primeiros classificados, mas só precisou de três minutos para chegar à vantagem. Acuña bateu o canto na esquerda e Nani cabeceou ao primeiro poste para o seu 7.º na prova. Os ‘leões’ não podiam pedir melhor entrada em cena, frente a um Moreirense que já venceu no terreno de outro ‘grande’ esta época.

Aos 8’ Arsénio cai na área, em disputa com Acuña, e fica a pedir penálti, mas o árbitro manda seguir. Em vantagem, a equipa ‘leonina’ ia trocando a bola na sua defesa, enquanto o Moreirense tentava reagir, apostando no contra-ataque. Aos 12 minutos, Loum atirou de longe, mas a bola ressaltou em Mathieu, terminando nas mãos de Renan Ribeiro. Pouco depois, foi a vez de Pedro Nuno rematar, pela esquerda, com a bola a embater em Coates e sai pela linha de fundo.

O Sporting acabaria por dobrar a vantagem aos 26 minutos, já depois de Diaby ter cabeceado à trave. A bola sobra para Ristovski que remata para a defesa de Jhonatan, com Bruno Fernandes, na recarga, a encher o pé e a fazer o 2-0. O médio português iguala Bas Dost como melhor marcador dos ‘leões’ e já tem tantos golos esta época como em toda a anterior.

Os cónegos não atiraram a toalha ao chão e aos 30 minutos Chiquinho rematou de fora da área, mas à figura de Renan, que agarrou o esférico à segunda. Logo a seguir, Ristovski vai à linha de fundo e serve Bas Dost no coração da área, mas o desvio do holandês sai ao lado.

Aos 34’, Chiquinho entra na área pela direita, vai à linha de fundo e mete rasteiro à boca da baliza, onde surge Heriberto Tavares a encostar. Rui Costa ainda espera pelo VAR, a propósito de um lance muito contestado entre Bas Dost e Iago Santos – leões’ pediam penálti – mas acaba por validar o golo. Já perto do intervalo, Chiquinho atirou por cima com algum perigo, dando a entender que o jogo estava longe de estar resolvido.

A segunda parte arrancou a um ritmo muito baixo, com o primeiro remate a surgir aos 52 minutos - Nani atirou contra a malha lateral após jogada individual pela esquerda. A pressão ‘leonina’ continuou e aos 58’ Bruno Fernandes, livre de marcação, rematou forte à entrada da área para a defesa de Jhonatan.

A pouco mais de 20 minutos do final da partida, Marcel Keizer decidiu mexer na equipa, lançando Raphinha para o lugar de Nani. Ivo Vieira, por sua vez, tirou Pedro Nuno e Arsénio por troca com Nenê e Bilel Aouacheria. Ambas as formações tentavam assustar aqui e ali, mas sem efeitos práticos no último terço. Bas Dost e Diaby estavam pouco inspirados e a defensiva do Moreirense mostrava-se bastante atenta.

Aos 82' Raphinha coloca a bola na baliza, mas o árbitro assistente assinala fora de jogo, num lance muito contestado em Alvalade. Após recorrer ao VAR, Rui Costa mandou seguir, com o marcador a permanecer inalterável até ao apito final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.