Nuno Saraiva, diretor de comunicação do Sporting, abordou as recentes acusações do FC Porto, pela voz de Francisco J. Marques, acusando o Benfica de monitorizar Fernando Gomes, agora presidente da Federação Portuguesa de Futebol, enquanto desempenhava o cargo de presidente da Liga.

"Faz parte daquilo que tem sido o padrão do Benfica e desta era de Luís Filipe Vieira. É o que toda a gente suspeitava que acontecia e que o Sporting, de há vários anos a esta parte, tem vindo a denunciar. É o polvo benfiquista. A diferença é que agora há evidências materiais desse mesmo procedimento", relatou Nuno Saraiva, em declarações à 'Sporting TV'.

"Esta questão das mensagens é tão ou mais grave do que a divulgação da troca de emails, porque eu não sei se o Fernando Gomes sabia que essas mensagens estavam na posse do Benfica. Mas não acredito que, se o Benfica dispunha dessa informação, não tivesse feito uso dela no sentido de condicionar, de chantagear o presidente da Federação Portuguesa de Futebol", considerou.

O diretor de comunicação dos 'leões' considera ainda que o Benfica é formado por pessoas "sem bondade" e com "vontade de ganhar a qualquer preço".

"Se o Benfica tem este tipo de informação no seu poder, vamos deixar de ser anjinhos, sabemos que não vão ter qualquer bondade. Têm vontade de ganhar a qualquer preço e já se percebeu que utilizam tudo para esse objetivo", vincou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.