Começa a ser tradição ver o Sporting marcar golos nos minutos finais. O episódio mais recente aconteceu esta terça-feira-feira, no triunfo por 2-1 sobre o Gil Vicente, no qual os 'leões' conseguiram a reviravolta depois de terem estado a perder durante grande parte do encontro.

Kanya Fujimoto, ao minuto 36, apontou o primeiro golo da partida e deu vantagem aos gilistas. No entanto, dois golos de Sebastián Coates nos últimos dez minutos (aos 83' e 90+1') consumaram a 'cambalhota' no marcador, numa reedição do jogo da primeira volta, em que o Sporting também chegou aos 80 a perder, para vencer por 3-1.

De acordo com o 'playmakerstats', o Sporting é a equipa com mais golos marcados nos últimos 15 minutos nesta edição da I Liga. Os 'leões' festejaram já por 14 vezes depois dos 75 minutos, o que representa 37% do total dos golos da equipa de Rúben Amorim no campeonato.

Análise Gil Vicente-Sporting: Leão às costas do capitão, guiado por uma estrela
Análise Gil Vicente-Sporting: Leão às costas do capitão, guiado por uma estrela
Ver artigo

O 'bis' de Coates, já em período de descontos, foi o quinto golo do Sporting no período de compensação, e o terceiro a dar pontos ao líder: foi assim no Sporting-Benfica, com Matheus Nunes a assinar o golo da vitória dos 'leões' (1-0) ao minuto 90+2, e na receção ao Farense, com um penálti convertido por Sporar aos 90+1.

Contas feitas, o Sporting já amealhou um total de 16 pontos no campeonato com golos marcados nos minutos finais (cinco vitórias e um empate). A 'estrelinha' de Rúben Amorim começou a brilhar no clássico com o FC Porto, da 4.ª jornada, com os 'leões' a evitarem a derrota (2-2) graças a um golo de Vietto aos 88 minutos.

Veja o golo de Luciano Vietto

Na ronda seguinte, o Sporting esteve muito perto de empatar na visita ao Santa Clara, com os 'leões' a chegarem à vantagem por Pedro Gonçalves (20') e Thiago Santana a restabelecer a igualdade perto do intervalo. Aos 81 minutos, Pedro Gonçalves aproveitou a saída precipitada de Marco para fazer o 2-1 final, deixando Rúben Amorim a respirar de alívio.

Recorde o golo de Pedro Gonçalves ao minuto 81 

Outra reviravolta memorável do Sporting aconteceu na receção ao Gil Vicente, no duelo da 1.ª jornada que teve de ser adiado devido à COVID-19, em que os 'leões' viraram o resultado em apenas três minutos. Lucas Mineiro marcou para os gilistas aos 52' mas, aos 81', Sporar fez o empate que inspirou a 'cambalhota' no marcador, assinada por Tiago Tomás, aos 84' - dois jogadores que tinham saído do banco leonino. Pedro Gonçalves, aos 90+6, fez o 3-1 final.

Veja o resumo da partida

Depois do empate em Famalicão, o Sporting recebeu e venceu o Farense, em Alvalade, graças a um penálti convertido por Sporar nos descontos (1-0). Na sequência de um livre, Defendi saiu da baliza para sacudir a bola e acertou em Feddal. André Narciso assinalou grande penalidade e mostrou o segundo cartão amarelo ao guarda-redes, que foi expulso. Chamado a bater o castigo máximo, Sporar não falhou, dando o triunfo aos leões aos 90+1.

Veja o golo de Sporar

Mas a 'estrelinha' de Rúben Amorim também brilhou fora do campeonato. Como foi o caso da meia-final contra o FC Porto, para a Taça da Liga, que o Sporting venceu por 2-1, depois de ter estado a perder. Um bis do suplente Jovane Cabral, aos 86 e 94 minutos, depois de Marega adiantar os 'azuis e brancos', aos 79', selou o triunfo dos 'leões', que acabariam mesmo por vencer a competição.

Jovane faz o 1-1

Jovane bisa e dá vitória ao Sporting

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.