A direção do Sporting homenageou este domingo a memória dos adeptos ‘leoninos’ falecidos, com a colocação de uma coroa de flores na Praça Centenário do Estádio José Alvalade e um minuto de silêncio.

Com a presença do presidente do clube, Bruno de Carvalho, e de membros do Conselho Diretivo, o clube assinalou o 'Dia do Leão' e lembrou as mortes dos dois adeptos que caíram de um varandim do antigo estádio, em 1995, bem como de Rui Mendes, vítima de um very-light na final da Taça de Portugal de 1996.

"É um dia muito importante para o Sporting. Estamos aqui por aqueles que deram o seu melhor para que o Sporting fosse a grande instituição europeia e mundial que é. Esta é uma afirmação de reconhecimento e respeito e aos familiares transmitimos os nossos valores de solidariedade e saudade. Eles marcaram a história do nosso clube", afirmou Jaime Marta Soares, presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting.

No mês passado, o Sporting lamentou a morte do adepto italiano Marco Ficini, falecido na sequência de confrontos com adeptos do Benfica. Antes do jogo da 32.ª jornada da I Liga de futebol, frente ao Belenenses, a claque JuveLeo exibiu uma faixa gigante com o rosto de Ficini e o emblema da Fiorentina, clube com o qual tem boas relações.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.