Segundo avança esta terça-feira o 'Dinheiro Vivo', o Sporting está a ponderar criar uma moeda digital própria para obter financiamento e "aproveitar esse novo mundo" das criptomoedas.

A intenção foi confirmada à mesma publicação por Francisco Salgado Zenha, vice-presidente do Sporting. O dirigente dos 'leões' afirma que os responsáveis do clube tem feito "reuniões sobre isso. Estamos a olhar atentamente para um ICO. Há um potencial muito grande de valor na marca Sporting".

Um ICO é uma oferta pública inicial de uma criptomoeda, ou seja, é o nome dado ao processo que posteriormente deve dar origem a uma moeda virtual. Se a ideia desta criação for para a frente, as moedas digitais do Sporting podem ser usadas para comprar produtos ou serviços.

No entanto, Francisco Salgado Zenha admite que a decisão ainda não é definitiva. "É uma ideia, não temos nada em concreto ainda", refere o dirigente leonino.

A criação de uma criptomoedas tem três fases: primeiro o ICO gera as moedas virtuais, em segundo é realizada uma pré-venda a investidores particulares e em terceiro essas moedas começam a ser transacionadas em corretoras próprias para o efeito.

A ideia da criação de uma criptomoeda do Sporting chega no dia em que termina o prazo que o clube recebeu para aumentar o valor do empréstimo obrigacionista. Os responsáveis do clube de Alvalade decidiram não subir o montante.

O empréstimo obrigacionista do Sporting tem uma emissão de 30 milhões de euros, valor necessário para o reembolso das obrigações que o clube fez em 2015. A SAD dos 'leões' enviou um comunicado à CMVM esta segunda-feira em que explica que a emissão foi subscrita em 11,5 milhões de euros, até agora.

Francisco Salgado Zenha tinha falado à RTP esta segunda-feira, onde afirmou que se o empréstimo obrigacionista falhar, "pode haver um acumulado de dívida, pode haver menos capacidade em tomar decisões estratégicas", o que forçaria o clube "a cortar inclusivamente na atividade desportiva".

O Sporting não é o único clube a pensar no uso de criptomoedas. O Paris Saint-Germain já confirmou que vai lançar uma moeda virtual própria. Tottenham, Leicester, Newcastle, Southampton, Cardiff City, Brighton e Crystal Palace também já aderiram à 'febre' das criptomoedas, mas com o objetivo de comprar jogadores com essas moedas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.