O Sporting está a dar passos seguros para manter as suas 'pérolas' oriundas da formação do clube: Daniel Carriço, André Santos e Rui Patrício.

O clube de Alvalade quer fechar o dossier das renovações antes do arranque oficial da competição da nova época, sendo que André Santos poderá ser o primeiro deste trio a formalizar o prolongamento do seu vínculo.

O médio, que se conseguiu destacar pela positiva na decepcionante temporada leonina, deverá assinar um vínculo válido até 2016, escudado numa cláusula de rescisão de 30 milhões de euros e num salário bem acima do que aufere actualmente.

Por sua vez, Daniel Carriço deverá acrescentar dois anos ao seu contrato, ficando ligado ao clube até 2015 com uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros e uma consequente revisão em alta do seu ordenado.

Já Rui Patrício é o caso mais atrasado nestes processos, de acordo com o jornal A Bola. O guardião leonino tem sido alvo de muitos elogios e é fortemente cobiçado por alguns grandes clubes do futebol europeu, mas o Sporting vai tentar manter o guarda-redes mais um ano, renovando até 2015, mas mantendo a cláusula de saída nos 20 milhões de euros. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.