O Sporting venceu esta segunda-feira o Gil Vicente, por 3-1, em jogo da 12.ª jornada da I Liga. Os leões aproveitaram assim o deslize do Benfica frente ao Moreirense, no domingo, e são agora os novos líderes do campeonato, com 31 pontos, mais dois que o Benfica e mais três que o FC Porto.

A equipa de Rúben Amorim começou a partida a perder mas, ainda na primeira parte conseguiu chegar ao empate depois de um auto-golo de Pedro Tiba.

Já na segunda-parte, o suspeito do costume, Viktor Gyokeres apontou um bis e carimbou a reviravolta no marcador.

Veja as melhores imagens da partida

Primeiros minutos do encontro: Sporting sofre mas consegue restabelecer o empate antes do intervalo

O Sporting foi o primeiro a criar perigo logo aos dois minutos, Ricardo Esgaio cruzou para o segundo poste, onde aparecia Morita mas o corte de Félix Correia evita aquele que poderia ser o primeiro golo do encontro.

Num jogo em que nos primeiros minutos apenas o Sporting criava perigo, o Estádio de Alvalade ainda gritou golo de Gyokeres, aos nove minutos, mas o lance foi invalidado por fora de jogo do avançado sueco.

A primeira oportunidade de perigo da equipa visitante surgiu aos 12 minutos, Miguel Monteiro isolado em frente à baliza de Ádan falhou o remate.

O Sporting continuava a criar mais oportunidades mas foi já depois da meia hora, que caiu um balde de água fria em Alvalade. Livre batido por Murilo, Rúben Fernandes com espaço ao primeiro poste cabeceia para dentro da baliza de Adán.

Os leões não desanimaram e tentaram empatar o jogo logo no minuto seguinte, mas o golo só viria a surgir já perto do intervalo.

Aos 43 minutos, Zé Carlos afastou o cruzamento de Hjulmand, remate de ressaca de Nuno Santos, a bola desvia em Pedro Tiba e trai Andrew que não consegue evitar o empate no jogo.

O Sporting ainda podia ter efetuado a cambalhota no marcador mas Pedro Gonçalves atirou ao lado da baliza de Andrew. E as duas equipas acabaram mesmo por recolher aos balneários com um empate no marcador.

Segunda parte: Entrada a todo o gás do Sporting e chuva de golos de Gyokeres

A segunda parte começou como a primeira... O Sporting teve uma boa oportunidade de dar a volta ao marcador, logo aos 48 minutos, mas Andrew faz uma grande defesa após remate de Marcus Edwards.

Não foi à primeira, mas foi à segunda. Aos 52 minutos, após cruzamento de Hjulmand, a bola bate no corpo de Félix Correia e sobra para Gyokeres que coloca o Sporting a vencer pela primeira vez na partida.

O avançado sueco não quis esperar muito mais e, quatro minutos depois apontou um bis. Combinação entre Marcus Edwards, Pedro Gonçalves e Gyokeres voltou a dar frutos e os leões ampliam a vantagem para dois golos.

Aos 67 minutos, Viktor Gyokeres ainda voltou a fazer gosto ao pé mas o lance acabou por ser invalidado pelo VAR por fora de jogo.

Mas o Gil Vicente não atirou a toalha ao chão e tentou responder aos golos do Sporting. Primeiro através de um remate picado de Félix Correia que acaba na malha lateral da baliza de Ádan, mas o lance acabou por ser anulado por fora de jogo. E em seguida, na sequência de um livre, o guarda-redes dos leões teve de afastar a bola para evitar o golo da formação gilista.

O Sporting continuava a controlar o jogo e, Gyokeres chegou a estar perto de fazer um hat-trick, por duas vezes.

O jogo terminou com a vitória da equipa de Rúben Amorim, que aproveita assim o deslize do Benfica frente ao Moreirense, e passa para o primeiro lugar do campeonato nacional.

Veja ou reveja o resumo do jogo

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.