“Não há que arranjar desculpas. Não vamos mudar a nossa identidade e é no respeito pela ideia de jogo que começa o sucesso colectivo. Devemos ser a equipa com mais operações efectuadas, mas também somos a equipa com menos lesões musculares”, disse João Carlos Pereira na antevisão da recepção aos insulares.

Com apenas 17 jogadores disponíveis para o encontro de domingo, o técnico justifica a onda de lesões com “infortúnio, particularidades desta actividade”, mas mostra confiança no “potencial e vontade” dos atletas disponíveis: “Não coloco em causa o talento dos jogadores, mas sim a experiência. Mas prefiro destacar a vontade.”

Frente a um Marítimo que possui uma “equipa forte, com potencial e capacidade para lutar pela UEFA”, João Carlos Pereira mostra-se esperançado numa boa exibição, mas também no futuro e não concorda com algumas críticas dirigidas ao plantel.

“Ninguém quer mais do que nós. Não somos a melhor equipa, mas também não somos tão maus quanto as pessoas fazem crer. Estamos a desenvolver um trabalho que vai ser profícuo”, ressalvou o treinador, deixando um apelo aos associados do conjunto do Restelo, que não festejam uma vitória caseira desde a segunda jornada, frente à Naval (2-0).

“Em casa somos uma das piores equipas, mas fora somos das melhores. Será que os nossos adeptos percebem isso? É preciso procurar respostas em todos. Os adeptos têm de perceber que se apenas assobiarem no fim não vão tirar rendimento à equipa. Não é bom sentirmos que estamos num clima de adversidade”, reiterou.

Quanto ao médio Fellipe Bastos, que esta semana regressou ao Benfica, o técnico diz que a relação entre os dois “foi sempre cordial” e que tentou “contribuir para que crescesse como jogador”.

“Tenho lido que era um jogador pouco utilizado e discordo. Para um rapaz de 19 anos, foi dos mais utilizados da equipa. Pode vir a ser um jogador de referência”, concluiu.

O Belenenses, 14.º classificado, com oito pontos, recebe o Marítimo, quinto, com 15, no domingo, às 18:00, em jogo da ronda 11 da Liga portuguesa de futebol, que será dirigido pelo árbitro Hugo Miguel, de Lisboa.

Lista dos 17 convocados:

- Guarda-redes: Bruno Vale e Nélson.

- Defesas: Mano, Devic, Beto, Diakité e André Pires.

- Médios: Gabriel Gomez, Pelé, André Almeida, Barge, Celestino e Ivan.

- Avançados: Dani, Fredy, Lima e Adu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.