O médio Tozé afirmou hoje que vai trabalhar para ser regularmente utilizado no Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, após ter sido cedido, na época passada, ao Moreirense.

Após ter apontado 11 golos em 32 jogos oficiais pelos 'cónegos', na época 2017/18, o futebolista, de 25 anos, regressou aos vitorianos no começo da presente época e, sem prometer qualquer marca, deseja "agarrar a oportunidade", que não aproveitou nas duas primeiras épocas no clube - realizou 33 jogos pelo Vitória, nas épocas 2015/16 e 2016/17, sem nunca se impor a titular.

"Não coloco metas a nível de golos ou assistências. O que posso prometer é que vou trabalhar e dar o máximo da minha dedicação e do meu empenho para ser uma opção válida para o treinador em todos os jogos", disse, no centro de estágio de Quiaios, concelho da Figueira da Foz, onde a equipa vai permanecer até ao próximo sábado.

No último ano de contrato com o Vitória, Tozé disse estar mais preparado para se impor no clube, após ter-se tornado "mais maduro" com a passagem pelo Moreirense, mas também pelo facto de o treinador Luís Castro, que o orientou no FC Porto B, na época 2013/14, privilegiar a posse de bola, um estilo de jogo em que se diz "encaixar melhor".

No início da segunda semana às ordens do treinador contratado ao Desportivo do Chaves, o médio ofensivo afirmou que a principal ideia do trabalho até agora desenvolvido é "jogar com um bloco subido para poder ter posse de bola e criar oportunidades de golo", sem esquecer a defesa.

"Quando se joga com um bloco subido e se tem muita posse de bola, tem de se estar preocupado com os momentos em que se perde a bola", avisou.

Um dos 30 elementos convocados pelo técnico Luís Castro para o estágio, Tozé considerou que o grupo de trabalho tem "muita qualidade", que vai "fazer tudo para levar o Vitória aos objetivos a que se propôs" - apuramento para a Liga Europa.

Questionado ainda sobre o calendário da I Liga, cujo sorteio ditou visitas aos estádios do vice-campeão Benfica, na primeira jornada, e do campeão FC Porto, na terceira, Tozé assumiu que o começo da prova é "exigente", mas afirmou que a equipa vai estar preparada para "alcançar o melhor na Luz", no jogo inaugural.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.