Os trabalhadores do Vitória Futebol ameaçaram hoje ocupar as instalações do Bingo se não forem pagos os salários em atraso aos funcionários do clube e da SAD até 30 de Junho de 2011.

Em comunicado hoje divulgado pelo SITECIS – Sindicato Independente dos Trabalhadores de Escritório, Comércio, Informática e Serviços da Região Sul, os trabalhadores do Vitória Futebol Clube e da Vitória Futebol Clube – SAD, alegam que têm salários em atraso e que são obrigados a gozar férias sem receber qualquer contrapartida monetária.

Por outro lado, dizem não entender o motivo pelo qual os colegas do Bingo recebem, atempadamente, os vencimentos, uma vez que a entidade patronal é a mesma.

No que respeita à Vitória Futebol Clube – SAD, o sindicato considera que «a situação é ainda mais grave, uma vez que os ordenados em atraso já ultrapassam os quatro meses».

No documento, o SITECIS denuncia ainda a alegada «falta de resposta e de diálogo [por parte dos responsáveis do Vitória Futebol Clube – SAD] com os trabalhadores que pediram a suspensão do contrato de trabalho».

O comunicado do SITECIS lamenta também “o silêncio” da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) em relação aos trabalhadores em causa no comunicado oficial da passada segunda-feira.

O referido comunicado anunciava que o Vitória de Setúbal, Belenenses e Leixões estavam impedidos de jogar nas competições profissionais enquanto não regularizassem a sua situação contributiva com o fisco e a Segurança Social, mas nada dizia em relação aos trabalhadores do Vitória de Setúbal com salários em atraso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.